PELE OLEOSA PODE ACELERAR ENVELHECIMENTO DA PELE



Ao contrário do que se imaginava as pessoas com pele oleosa podem sofrer mais com o envelhecimento cutâneo precoce.

O sebo humano pode desidratar a pele e aumentar a queratinização da epiderme:
Neste estudo um concentrado de sebo humano foi aplicado sobre a pele saudável e os resultados mostraram um aumento significativo na perda de água transepidermal, nos valores de eritema e uma diminuição na hidratação da pele seguida de hiperplasia epidermal e com paraqueratose (aumento excessivo de queratina).
Segundo os cientistas a disrupção da barreira cutânea induzida pelo sebo humano é devido a sua interação com os lipídeos interlamelares do estrato córneo. Em outras palavras pode-se dizer que o sebo humano leva à um aumento na fluidez dos lipídeos interlamelares do estrato córneo prejudicando a função barreira cutânea.

Sebo humano é capaz de inflamar a pele:
Também foi observado um aumento na cascata de citoquinas pró-inflamatórias incluindo um aumento na expressão de TNF-alfa e IL-1alfa e IL-6 sem aumento significativo dos níveis séricos de Ig-E sugerindo que o sebo humano é capaz de inflamar a pele sem estimulação imunogênica o que pode sugerir uma explicação para a patogenesia da dermatite seborreica e da dermatite de contato irritativa induzida pelo excesso de sebo.

Conclusão: Manter a Pele Limpa e Seca pode Evitar a Desidratação e o Envelhecimento da Pele
Então podemos concluir que a pele mais oleosa pode, na verdade, envelhecer muito mais rapidamente não apenas pelo aumento da expressão das citoquinas inflamatórias como também pela própria desidratação associada. Também podemos dizer que manter a pele sempre limpa, seca e com o sebo sob controle pode ser uma estratégia para manter a pele mais hidratada, mais saudável e mais jovem por mais tempo.

Fonte: http://www.mauriziopupo.com/artigos/detalhes/pele-oleosa-pode-acelerar-envelhecimento-da-pele

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *